Dúvidas frequentes

Sobre os florais e a Terapia Floral
Perguntas frequentes, respostas e orientações.

Nessa página você encontrará um conteúdo com perguntas e respostas mais frequentes em nossos canais de comunicação. Caso você ainda tenha dúvidas, entre em contato com a gente pelo email: [email protected] ou ainda pelo telefone (11) 5095-4411 ou whatsapp 11 3230-2917 . Nossa equipe ficará feliz em te ajudar.

Você pode também baixar gratuitamente o nosso e-book: 15 dúvidas clássicas sobre os florais de Bach.

Basta clicar aqui.

O que é a Terapia Floral?

A Terapia Floral pode ser entendida como uma prática integrativa e complementar da saúde exercida por um profissional com formação em Terapia Floral e que utiliza as essências florais em sua prática, visando a promoção, manutenção e recuperação da saúde.
As essências florais atuam como catalisadores no despertar de virtudes e qualidades, proporcionando ao indivíduo processos de transformação pela tomada de consciência.
A terapia floral propõe formas de estimular e preservar nossa saúde, sendo capaz de proporcionar um estado de harmonia e bem-estar com o meio social, familiar e consigo mesmo.

Quem descobriu as essências florais?

As essências florais foram descobertas por Dr. Edward Bach, médico bacteriologista e patologista, apaixonado por pesquisa. Trabalhou no University College Hospital de 1915 a 1919 e em julho de 1917 teve uma teve uma severa hemorragia. Submetido a uma cirurgia de urgência, foi comunicado que talvez não tivesse mais que três meses de vida, no entanto, com o pouco de vida que lhe restava, passou a dedicar-se à pesquisa dia e noite e em pouco tempo estava totalmente recuperado.
No período de 1919 a 1922, em que trabalhou como bacteriologista do “London Homeopathic Hospital”, conheceu a doutrina e os princípios de Hahnemann através do seu livro básico: “Organon da Arte de Curar”, e, em 1926, publicou com C.E. Wheeler o “Cronic Disease. A Working Hypothesis”. Nesta época, os nosódios intestinais, já conhecidos como Nosódios de Bach, eram utilizados em toda Grã-Bretanha e também em vários outros países.
Dr. Bach começou a tentar substituir os nosódios por medicamentos preparados com plantas, e foi a esta altura que utilizou, pelo sistema homeopático de diluição e potencialização, duas flores que trouxe de Gales em 1928. Estas plantas eram Impatiens e Mimulus. Pouco depois também utilizou Clematis. Os resultados foram supostamente encorajadores. Também nesta época, começou a separar os indivíduos por grupos de semelhança de comportamento como se sofressem do mesmo problema.
Em 1930, ele resolveu largar toda sua rendosa atividade em Londres, o consultório da Harley Street e os laboratórios, para buscar na natureza este sistema de cura que idealizou desde pequeno, e que sentia estar próximo dele.
No outono de 1935, descobriu Sweet Chestnut, o último dos 38 florais. Morreu dormindo em 27 de novembro de 1936 (de parada cardíaca com 50 anos de idade) em sua casa em Mont Vernon.
Fonte: WEEKS, Nora. As Descobertas Médicas de Dr. Edward Bach. Ed. Instituto Dr. Edward Bach, 3ª Edição, 2000.

O que é uma Essência Floral?

Podemos compreender essência floral como preparados naturais que trazem registrados em seu conteúdo de uma ou mais informações e manifestações de padrões de consciência originárias da natureza.
Essas essências atuam entrando em ressonância com o campo da consciência de pessoas e de demais seres vivos, agindo como catalisadores de processos de transformação.

Como são preparadas as essências florais?

A preparação das essências florais acontece em três estágios:

1º Preparação da essência mãe
Inicie a colheita das flores e após finaliza-la, use o método solar ou de fervura para a extração da essência mãe.
Método solar
As flores são colocadas numa vasilha de cristal; coloca-se água da fonte até encobri-las. A vasilha deve ficar próxima à planta e o sol deve incidir direto sobre ela durante aproximadamente 3 horas. O dia tem que estar totalmente claro, sem nenhuma nuvem (o sol não pode ser coberto em nenhum momento).
Método de fervura
As flores são colocadas numa panela de inox, de vidro ou de ágata e, depois, são cobertas com água da fonte e fervidas por 30 minutos. Apaga-se o fogo e deixa-se a água esfriar.
Em ambos os casos, após os procedimentos, a água é coada e colocada numa garrafa com 50% de brandy de uvas e 50% da solução coada. Está feita a essência mãe.

2º Preparação do Frasco de Estoque
A preparação consiste na adição de brandy de uvas, dando origem aos chamados frascos de estoque, que compramos das empresas produtoras de essências florais nos formatos de 10 ml e 30 ml.

3º Preparação do frasco de tratamento
O frasco de tratamento é o que compramos manipulado nas farmácias. Contém 70% de água mineral, 30% de brandy e 2 gotas de cada essência floral do frasco de estoque do sistema Bach composta em sua fórmula, com exceção do Five Flower, o floral emergencial, “rescue” em inglês, composto de 5 flores, criado pelo Dr. Bach, que, por convenção, utilizamos 4 gotas do frasco de estoque.
Fonte: BARNARD, Julian. Remédios florais de Bach: Forma e Função. Tradução Laura Cardellini e Marcella Marx. São Paulo: Healing Essências Florais, 2012.

Como tomar os florais de Bach?

Os florais podem ser tomados diretamente do frasco de estoque, ou podem ser diluídos em uma garrafa com água  ou ainda serem diluídos em um frasco de 30ml com conta-gotas, preenchido com água e conhaque (como conservante). Para mais detalhes, clique aqui.

O que é o composto emergencial Five Flower?
Dr. Bach fez uma combinação de cinco flores (FIVE FLOWER), que chamou de ‘rescue remedy’ (remédio de resgate). São cinco essências que, juntas, ajudam no resgate do equilíbrio emocional, em situações emergenciais ou de muito estresse: falar em público, uma briga, um acidente… As essências que compõem este composto são: Rock Rose, Impatiens, Star of Bethlehem, Clematis e Cherry Plum. Uma dica importante: essa combinação não deve se tornar uma forma rotineira de medicação. Seu uso é para momentos específicos, ok? Se quiser saber mais sobre o Five Flower, clique aqui.

Os florais causam efeitos colaterais? Possuem contraindicação?

“Cada remédio floral trata uma determinada pessoa e uma condição particular. O uso de todos estes remédios (essências florais) está amplamente distribuído pelo mundo em uma pequena escala. Eles são excelentes para o autocuidado, sendo totalmente sem efeitos colaterais e não oferecem perigo caso um remédio errado seja prescrito”.
Fonte: Traditional Medicine and Health Care Coverage. A reader for health administrators and practtioners. Edited by: Robert H. Bannerman, John Burton, Ch’en Wen-Chieh. 1983. World Health Organization. Geneva.

Qual a melhor maneira de se iniciar um tratamento com florais?
Os florais são muito simples de serem usados. Você pode criar sua própria combinação de essências acessando aqui e fazendo uma autorreflexão para entender suas emoções e escolher as essências apropriadas.

Caso prefira passar por um terapeuta floral, procure a orientação de um profissional. Clique aqui e acesse uma lista de terapeutas parceiros da Healing.

É seguro tomar mais de um floral ao mesmo tempo?
“À medida que a pessoa melhora é comum ser necessário mudar de floral, já que seu estado modificou-se. Existem casos em que se requer até meia dúzia de florais.” Dr. Edward Bach.
Já que os florais são inofensivos, é perfeitamente seguro combiná-los. Mas tomar muitas essências simultaneamente pode causar dificuldades no início do seu processo de autoconhecimento, ok?

Os florais podem ser utilizados junto com medicamentos alopáticos e homeopáticos?

Sim. Qualquer pessoa pode fazer a utilização das essências florais mesmo que esteja fazendo tratamento alopático, homeopático ou qualquer outro tipo de acompanhamento, visto que os florais não geram interação medicamentosa, nem efeitos colaterais. Lembrando que o tratamento com os florais não substitui os cuidados médicos e se a pessoa estiver em tratamento deverá dar continuidade a ele, bem como relatar ao profissional da saúde que o está acompanhando, sobre o uso dessas essências.

Qual a diferença entre essências florais e homeopatia?

As essências florais pertencem aos reinos vegetal e mineral. São extratos líquidos obtidos pelos métodos solar e de fervura, que atuam na saúde emocional com o princípio de que semelhante aumenta semelhante e oposto reduz oposto, ou seja, se quero cuidar da emoção do medo, preciso utilizar essências florais que trabalham a virtude da coragem.
O método de preparo solar e de fervura não carrega quimicamente a água. Já os medicamentos homeopáticos têm como princípio básico que semelhante cura semelhante, ou seja, a mesma substância que trouxe a doença pode curar a pessoa doente com doses diluídas desta mesma substância, produzida pelos reinos vegetal, mineral e animal, em dinamizações que atuam, além da saúde emocional, no mental e no físico.

Os florais tratam doenças/problemas físicos?

Não, os florais atuam na saúde emocional, mas eles podem e devem ser utilizados como uma terapia integrativa e complementar ao tratamento médico nos casos de problemas físicos. Os florais podem ser compreendidos como extratos líquidos de flor que carregam a informação da assinatura da planta, oferecendo suporte emocional e auxiliando na compreensão emocional da doença em questão.

Os florais são placebo?

Por definição, placebo é uma substância inerte, sem propriedades farmacológicas, administrado a uma pessoa ou grupo de pessoas como se tivesse propriedades terapêuticas. Na medicina, os objetivos do placebo são, principalmente, para trabalhos científicos onde se quer testar a eficácia de medicamentos através de comparações. Ministra-se o medicamento para um grupo de pacientes com determinada doença e o placebo para outro grupo com a mesma doença, depois comparam-se os resultados.
Apenas pelo fato dos florais não serem considerados medicamentos, pois não contém propriedades farmacológicas, já poderíamos dizer que ele não é placebo. Eles também não atuam da mesma maneira, considerando que a atuação do placebo está vinculada ao fato do paciente acreditar nos efeitos/benefícios do que está tomando.
Confirmamos que os florais não atuam como placebo quando são utilizados em crianças pequenas e animais e estes apresentam resultados positivos com o uso dos florais, com mudanças comportamentais associadas à virtude positiva da essência floral utilizada.

Gestantes, bebês e crianças podem utilizar as essências florais?

Sim. Gestantes, bebês e crianças podem fazer uso das essências via oral ou tópico (exemplo: água da banheira), principalmente para os bebês, visto que os florais não geram interação medicamentosa, nem efeitos colaterais. Os florais atuam na saúde emocional do indivíduo. Mesmo que esteja fazendo tratamento alopático, homeopático ou qualquer outro tipo de acompanhamento, poderá complementá-lo com o uso dos florais; lembrando que esta terapia não substitui os cuidados médicos e se a pessoa estiver em tratamento deverá dar continuidade a ele.

Animais podem utilizar as essências florais?

Sim, os animais podem utilizar as essências florais via oral em seus bebedouros (a cada troca de água acrescente 4 gotas do floral manipulado). Os florais são excelentes para os problemas de comportamento, visto que atuam na saúde emocional dos animais.

Nesse vídeo você pode entender um pouco mais sobre o uso das essências de Bach em animais.

Caso você tenha um pet e queira saber como cuidar do seu animal com florais, desenvolvemos um curso que aborda esse assunto. Acesse aqui e saiba mais sobre o conteúdo.

No livro Manual de florais de Bach aplicados aos animais você também encontra informações valiosas a esse respeito. Seu bichinho agradece 🙂

Sobre os cursos da Healing

O que é Educação a Distância?

Educação a distância é a modalidade educacional que não exige que o estudante e educador estejam no mesmo espaço, na mesma hora. A tecnologia possibilita a comunicação com o tutor, educador e colegas da turma.
É considerado ensino/educação à distância os cursos nos quais mais de 70% do conteúdo é desenvolvido por meio de atividades que não exigem a presença física do estudante/educador.

Quem pode fazer os cursos que a Healing oferece?

O EaD exige autonomia e organização do estudante, que deverá ter disciplina e incluir em sua rotina de tempo e dedicação ao estudo. Caso contrário, o estudante não terá 100% de aproveitamento. Para te um maior aproveitamento do curso, de acordo com programação proposta pelo cronograma de liberação de conteúdo, são indicadas duas horas diárias de estudos.
Não há restrições em relação ao perfil do estudante. Assim como em cursos presenciais, os cursos à distância possuem alguns pré-requisitos, o estudante precisa ter acesso à infraestrutura mínima exigida pela instituição, como computador, tablet ou celular com acesso à internet.

Como são categorizados os cursos da Healing?

As formações que a Healing oferece são chamadas de cursos livres. De acordo com legislação brasileira, os cursos de atualização são considerados cursos livres ou de qualificação profissional, portanto não exigem pré-requisitos de graduação, como o diploma de Ensino Superior.

Qual legislação regulamenta a Educação a Distância?

No Brasil as bases legais para a modalidade de Educação a Distância estão estabelecidas pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (nº 9394/96), regulada pelo decreto nº 6.303, de 12 de dezembro de 2007, e pela portaria normativa nº10, de 02 de julho de 2009.
Disponível em: Portal MEC

A Healing emite certificado?

Sim. Os certificados emitidos pela Healing estão na categoria de Curso Livre de acordo com a Lei nº 9.394/96 da Constituição Federal; Decreto Presidencial nº 6.303 e normas da Resolução CNE nº 04/99 – MEC.
Ao final do curso, atingindo os requisitos mínimos necessários para aprovação, o certificado estará disponível no mesmo ambiente virtual onde você faz os cursos. Você pode imprimi-lo a partir da plataforma.

O curso à distância é mais fácil que um presencial?

Não. Os cursos à distância, assim como os presenciais, têm avaliação, atividades, frequência, notas mínimas para aprovação, exigindo tempo e dedicação. Porém o curso oferece a liberdade de escolha da hora e ritmo de estudo, o que pode ser considerado uma facilidade.
Na Healing, a avaliação do aprendizado do curso levará em conta: a participação do estudante nas atividades individuais e em grupo, bem como a elaboração das atividades e participação nos fóruns.

Quais as vantagens de se fazer um curso a distância?

De maneira geral, as principais vantagens são: montar a própria rotina de estudos, dedicando-se às aulas nos horários mais convenientes ao estudante; economizar tempo ou dinheiro com o deslocamento até a instituição de ensino; fazer network com pessoas da sua área profissional de qualquer lugar do mundo.

Quem conduz as aulas?

As aulas foram desenvolvidas pelos educadores treinados e qualificados para esta atividade. Há ainda o acompanhamento dos tutores, que têm a função de apoiar virtualmente os estudantes desde o início até o final do curso com orientação de atividades e esclarecimento de dúvidas. O aprendizado se dá a partir da troca de informações e da realização de atividades/situações problemas e exercícios.

O que é o Tutor?

Os novos métodos de ensino que fazem uso da tecnologia defendem a mudança de foco do aprendizado, na educação à distância é o estudante o responsável por organizar seu tempo de estudo e ditar seu desenvolvimento, cabendo ao educador exercer o papel de tutor, orientando esse processo.
Na Healing, o estudante conta um profissional responsável por orientar e acompanhar individualmente seu desempenho durante todo o andamento do curso, orientando e esclarecendo dúvidas.

Como tiro minhas dúvidas?

Utilizando o Fórum, você compartilha sua dúvida com todos os estudantes ativos no mesmo curso. Caso queira direcionar a dúvida ao educador, utilize o email [email protected].

Carrinho de compras
Rolar para cima
Scroll to Top